Bancada Sulista

Bancada Sulista

NOTÍCIAS

Lages presente no Encontro Comercial Braztoa Rio de Janeiro 2020

Tamanho da letra A+ A-
Lageanos estão ligados nos eventos da maior importancia para divulgar a cidade no país

(Rio de Janeiro – 12-03-2020), O município de Lages marcou presença no 13º Encontro Comercial Braztoa Rio 2020, no Rio de Janeiro, nesta semana (10 de março), com plateia recebida no Centro de Convenções Sul América.

O evento abre o calendário do ano para o trade turístico e foi a maior edição já preparada pela entidade no Rio de Janeiro, que contou com uma parceria inédita com o Estado do Rio de Janeiro como destino anfitrião e com o RioCVB como parceiro anfitrião. A sigla Braztoa significa Associação Brasileira das Operadoras de Turismo. O Encontro Comercial Braztoa, maior feira de negócios do setor de viagens e turismo da América Latina.

Esteve presente, entre as autoridades, o presidente da Braztoa, Roberto Nedelciu, além de operadoras de viagem e especialistas em turismo de várias partes do Brasil e da Argentina.

A feira é a primeira do calendário de eventos do setor neste ano no país. “No final do mês de outubro de 2020 haverá um dos maiores eventos do setor no país, a Convenção Braztoa 2020, em Lages e outros municípios da Serra de Santa Catarina, algo inédito para a região (Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, São Joaquim, Urubici e Urupema). A Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) será a responsável por receber a programação. Os próximos eventos serão em São Luís do Maranhão e Belo Horizonte, e a convenção anual será em Lages”, adianta o executivo de Turismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Lages, Luís Carlos Pinheiro Filho.

O Encontro Comercial Braztoa 2020 recebeu mais de 2,2 mil agentes de viagens de todo o Brasil, através de caravanas aéreas e terrestres e agentes locais, em um espaço de mais de 1,4 mil metros quadrados, com mais 22 expositores, 40 associados e uma programação com conteúdos especiais. O Encontro Comercial também foi palco do lançamento do Anuário Braztoa 2020, estudo com dados inéditos do setor de turismo no país.

Em 2020, o Encontro Comercial Braztoa Rio de Janeiro teve o FuTURISMO como tema central e enredo condutor das suas ações. “Está na tendência de busca por medidas criativas, envolve presente e futuro, conexão e disrupção, tecnologia e inovação, pesquisas, teorias e, principalmente, como colocá-las em prática. Este tema esteve em cada ação do evento, que é focado em negócios, networking e capacitações, e se destaca por reunir novidades relevantes ao setor, debates e tendências do mercado de turismo em um único lugar”, conforme aponta a Braztoa.

Faturamento de R$ 15,1 bilhões em 2019, valor 1,4% maior que o registrado em 2018

O ano de 2019 também foi positivo para as operadoras de turismo no Brasil. De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (10) pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), o setor faturou R$ 15,1 bilhões no ano passado, valor 1,4% maior que o registrado em 2018. O estudo trouxe ainda que as empresas movimentaram R$ 14,9 milhões na economia do país. A apresentação dos números do Anuário Braztoa ocorreu durante o 13º Encontro Comercial Braztoa.

Segundo o levantamento, os destinos da região Nordeste foram os preferidos de 53% dos turistas. Já a região Sudeste ficou em 2º lugar, com um percentual de 22,1%. O Sul representou 19,2% dos embarques totais no país, e o Norte e o Centro-Oeste, responderam por 6,9%, comparando com o ano de 2018.

O estudo traçou ainda o perfil dos turistas. 53% deles procuraram viagens com duração de cinco a nove dias, 22% de até quatro dias e 25% manifestaram interesse em permanecer no destino dez dias ou mais. Além disto, 35% compraram pacotes completos, incluindo transporte aéreo e terrestre, e 37%, apenas o terrestre. Para a aquisição das viagens, a maior parte dos clientes (54%) optou por pagamento parcelado em mais de cinco vezes.

Em 2019, as operadoras associadas à Braztoa faturaram R$ 15,1 bilhões e embarcaram 6,5 milhões de passageiros durante todo o ano. Estas mesmas empresas geraram um impacto econômico de R$ 14,9 bilhões para a economia nacional, neste mesmo período (quantia que contempla a soma do valor das viagens comercializadas para destinos nacionais, com o gasto médio diário com extras do turista nos destinos).

A Associação Brasileira das Operadoras de Turismo reúne operadoras de turismo, colaboradoras e empresas de representação de produtos e destinos, além de convidados, responsáveis por estimados 90% das viagens organizadas de lazer, comercializados pela cadeia produtiva no Brasil.

Fonte Secretária de comunicação da Prefeitura de Lages/Texto: Daniele Mendes de Melo/Fotos: Divulgação

 

Vídeos

Jorginho Melo fala do reforço no Pronampe

11 de Março, 2020 às 08:47

Mais vídeos