Bancada Sulista

Bancada Sulista

NOTÍCIAS

Arns pede voto de aplauso a livro sobre superação da paralisia cerebral

Tamanho da letra A+ A-
senador Flávio Arns (Podemos-PR)

O senador Flávio Arns (Podemos-PR) pediu um voto de aplauso a Lenilde Ramos e João Carlos Estevão de Andrade pela elaboração do livro João da Moto – a vida não impõe limites. Trata-se de uma obra sobre uma pessoa com deficiência que conseguiu superar suas dificuldades. Seu requerimento foi deferido pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

— João Carlos, hoje com 64 anos de idade, nasceu com paralisia cerebral em decorrência da privação de oxigênio em um parto demorado. Uma bicicleta foi seu primeiro grito de liberdade em uma época em que pessoas com deficiência pouco transitavam em público. Depois vieram as mobiletes e as motos — relatou.

Em seu pronunciamento nesta quarta-feira (6), Arns afirmou que o livro discute, de  forma dinâmica e acessível, a natureza da paralisia cerebral, vias educacionais relacionadas a pessoas com deficiência, sugere maneiras produtivas de convivência e “abre o coração do biografado para expor sentimentos, pensamentos e aspirações pessoais”.

O senador disse também que a Sra. Lenilde Ramos é uma memorialista com biografias, membro da Academia Sul-Mato-grossense de Letras e que, neste livro, conseguiu retratar a destacada vida de João da Moto, que hoje faz parte do Conselho Científico da Fenapestalozzi.

E, mais:

Plenário, a autorização para contratação de empréstimo de US$ 90,56 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para o financiamento do Programa Educação para o Futuro do Paraná. A matéria segue para promulgação.

Esse investimento possibilitará que mais alunos terminem o ensino médio e se capacitem para o mercado de trabalho. A educação no Paraná e no Brasil são prioridades e fundamentais para o desenvolvimento do País!

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)